Pedir, o que?
Para saber o que realmente estamos precisando, só o Pai que esta nos céus é que sabe, pois Ele conhece o nosso interior.
em Artigos

OUÇA ESSE TEXTO:
 

“Pedi e vos será dado! Procurai e achareis! Batei e a porta vos será aberta! Pois todo aquele que pede recebe, quem procura encontra, e a quem bate, a porta será aberta” (Mt 7, 7-8).



Este é um trecho da Bíblia que confundimos muito, pois pensamos que tudo o que pedimos, Deus nos dará. Primeiramente, Deus é Pai e nos dá somente o que realmente estamos precisando e não o que queremos. Este é mais um passo para nos aproximarmos de Deus de forma que a  pedirmos o que realmente estamos precisando.

Para saber o que realmente estamos precisando, só o Pai que esta nos céus é que sabe, pois Ele conhece o nosso interior. Por isso ao pedirmos algo para Deus, muitas vezes não acontece da forma, no tempo, com a velocidade, com a precisão, com a qual pedimos. É que as coisas que Deus realiza na minha vida são no tempo e na forma que eu estou precisando, nunca é demais, ou de menos. É a Providencia de Deus que age na nossa vida de forma que Ele nos dá conforme a nossa necessidade.

Um exemplo: se eu quero uma bela casa na praia com frente para o mar, Deus pode até me dar, mas se esta casa é somente um sonho, no qual por ela eu me afastarei de Deus, Ele não me dará. Diante de um pedido que devemos fazer para Deus, antes algumas perguntas: Isto é para o próprio bem e para o bem de todos que me cercam? Isto me aproximará mais de Deus? Isto me ajudará a ser mais caridoso com os meus irmãos? Isto é uma necessidade, ou um capricho da minha parte?

Diante destas perguntas, fico na dependência da Providência de Deus na minha vida. Posso dizer que Deus realiza até o meu exagero muitas vezes, mas se o meu exagero me afasta dele, com certeza não realizará, pois é isso que eu peço. Por exemplo, até uma grande cura, ou grande milagre, se vai me afastar de Deus, que Ele não realize. Da mesma forma quando estamos pedindo por alguém, se aquela intenção realizada vai afastar a pessoa de Deus, é melhor não realizar agora. É claro que eu não sou Deus e não sei quais são os planos de Deus, mas Ele sabe e sonda os nossos corações.

Por isso nesta hora de pedir, o coração sincero é o que vale. Termos verdadeiramente uma reta intenção. Pedir a Deus na confiança de que é só Ele que tudo pode na nossa vida, não como ultima saída, ou como ultima esperança. A Palavra de Deus é real e tudo aquilo que pedirmos com reta intenção, Deus vai realizar, no tempo dele, que não é o nosso, e na forma Dele que também não é a nossa.

Para nos aproximarmos de Deus, pedir é somente o quinto passo. Antes disso louvamos a Deus pela nossa vida em tudo, tiramos o bom, o belo de tudo, perdoamos, nos colocamos no nosso lugar de filhos que respeitam o Pai, para depois pedirmos algo para Ele. Infelizmente temos uma grande tentação de irmos logo pedindo, mas não é assim, pois Deus é Pai e nos ama, por isso é que devemos nos colocar naturalmente diante do nosso Pai, tendo a certeza de que Ele é que nos conhece e sabe muito bem do que precisamos.
 
Senhor, ensina-me a pedir, o que realmente estou precisando. Quero neste dia me aproximar mais de ti, não como a ultima esperança, mas como a única esperança que eu tenho. Mostra-me realmente o que eu preciso. Senhor ensina-me a confiar piamente na Sua Providencia na minha vida. Amém.



em 2017-06-13 12:42:57
Fonte:
blog.cancaonova.com/padreanderson

Paróquia-Santuário
Nossa Senhora da Piedade
Lençóis Paulista SP
14-3263.0130
piedade@lpnet.com.br
© Direitos Reservados 2017